3 cuidados que você deve ter na hora de fazer compras no Paraguai

Ciudad del Este

O Paraguai já é um destino comum de brasileiros para comprar itens variados a preços mais acessíveis. Para quem tem essa oportunidade de visitar as principais áreas comerciais do país, sem dúvidas essa é uma oportunidade única de pagar mais barato. Seja você um turista que quer apenas conhecer o país, ou de cidades próximas que quer economizar, ou um consumidor que já chega com a lista de compras, existem ofertas para qualquer perfil.

Enquanto fazer compras no Paraguai definitivamente vale a pena, é preciso ter uma cautela extra para aproveitar o passeio sem dor de cabeça. Para fugir das furadas e gastar com tranquilidade, confira os principais cuidados que deve ter na hora de fazer compras no Paraguai:

1. Pesquise e planeje todos os detalhes

Um comprador bem preparado é um comprador consciente. Como a maioria desses centros comerciais são lotados de pessoas, programar bem seu roteiro é a chave para não perder tempo. Por isso, pesquise que lojas são mais interessantes para o que deseja e vá direto nelas. Evite ir em finais de semana e chegue bem cedo ao local, para aproveitar melhor o dia e escapar dos horários cheios. Assim não sofrerá em multidões e nem correrá o risco de se perder na cidade.

É bom também já sair com a lista de compras definida, não só o que pretende comprar como também os preços. Saiba o valor real do que quer, assim saberá quando uma oferta é boa. Dessa forma, quando encontrar o valor ideal já poderá comprar sem medo, evitando ter que voltar nas lojas e perder mais tempo. Também é uma maneira de conseguir pechinchar mais, já que poderá usar as informações a seu favor.

2. Fique de olho nas fraudes

Paraguai pode ser um bom lugar para fazer compras, mas não é um lugar conhecido por sua segurança. Pessoas mal-intencionadas costumam aproveitar a concentração de turistas para realizar esquemas de furto ou calote. Mas não se desencoraje por isso. Tenha atenção redobrada e tome cuidados específicos para isso e não terá problemas.

Prefira pagar em dinheiro (dólar, real ou guarani), para evitar clonagens. Se utilizar o cartão de crédito, acompanhe-o durante toda a compra, deixando-o o menor tempo possível nas mãos de outros. Também fique atento a moradores que fiquem de espreita esperando turistas, oferecendo serviços ou produtos tentadores que podem “te ajudar”. Na sua maioria são pessoas com algum esquema para te prejudicar, então desconfie.

3. Não se esqueça da qualidade e dos impostos

Enquanto é possível encontrar produtos legítimos, o Paraguai também vende muitas falsificações. Então, da mesma forma que procuramos preços baixos, é importante duvidar quando alguma coisa for barata demais para ser verdade. Se possível peça para testar ou verificar a qualidade do produto, até porque se tiver algum defeito, dificilmente conseguirá voltar ao local para trocá-lo tão cedo.

Por fim, não esqueça que, assim como qualquer produto que adquire fora do país, toda compra está sujeita a pagamento de imposto. Oficialmente o limite é de 300 dólares por pessoa se entrar no país a pé e 500 dólares por avião. Existem alguns produtos que costumam não entrar nessa cota, mas não é muito seguro confiar nisso. Então calcule para não passar desse valor ou então esteja pronto para pagar a taxa em cima desse valor.

Espero que as dicas ajudem nas suas compras. Para saber ainda mais e ficar preparado para essa viagem, confira outros posts do nosso blog. Visite também nosso site para saber como encontrar os melhores preços.