Compras parceladas no Paraguai: afinal, é possível?

compras como cartão no paraguai

Para quem fará compras no Paraguai é necessário estar atento a várias características: cotação do dólar, melhores lojas e, claro, a forma de pagamento. Assim, muitos se questionam se é possível realizar compras parceladas no Paraguai, como fazer isso se tornar possível e quais vantagens há nesse tipo de pagamento.

Apesar da escassez de opções, é possível comprar em parcelas no nosso vizinho latino. Contudo, algumas pessoas podem ir com seus cartões de crédito ou débito e, ao chegarem lá, não conseguirem efetuar o negócio. Por isso que trazemos, nesse artigo, como é possível fazer as compras parceladas no Paraguai – e não passar nenhum aperto.

Cartões de crédito/débito: posso utilizar?

Os cartões de crédito e débito são aceitos no Paraguai. Contudo, eles precisam ser internacionais, ou seja, que possam fazer transações financeiras fora do Brasil. Um cartão nacional não irá efetuar nenhum tipo de compra e, por isso, é primordial ficar atento a esse ponto para que os cartões não sejam recusados.

E, mais importante ainda é frisar que não é possível fazer o parcelamento com cartão de crédito/debito com as bandeiras praticadas aqui no nosso país – mesmo se o cartão for internacional. Isso é uma resolução do Banco Central do Brasil que, vale novamente destacar, impossibilita qualquer compra em parcelas fora do país.

Se alguma loja no Paraguai oferecer algum tipo de parcelamento no seu cartão internacional, não compre: isso é uma prática criminosa e você poderá ser lesado. Por isso, ao fazer compras atravessando à fronteira, saiba que é possível utilizar o cartão de crédito/débito internacional, mas sem parcelamento.

Então não é possível comprar parcelado?

Felizmente há duas maneiras para quem quer dividir em prestações as compras realizadas no Paraguai. A primeira é com um cartão de crédito de uma bandeira específica – e que, até o momento, funciona apenas em Cidade do Leste. A operação é recente, mas vem atraindo cada vez mais brasileiros.

Funciona assim: há a possibilidade de parcelar em até 12 vezes neste cartão de crédito específico. Contudo, é preciso ficar atento ao funcionamento desse tipo de pagamento. O valor é calculado em dólar para o real com a cotação definida pela própria bandeira – ou seja, que pode ter um adicional em relação ao praticado pelo mercado brasileiro.

Outro ponto é a taxa do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) de 6,38%. Todo o processo é discriminado dentro da via impressa pela máquina de cartão – incluindo a conversão. As compras precisam ser de, no mínimo, US$ 30 para ser aceitas por esse tipo de cartão de crédito.

Uma segunda opção, com menos possibilidades para quem vai às compras, é um aplicativo de uma empresa com sede no Brasil e Paraguai, disponível para Android e iOS. O método utilizado é a Transferência Eletrônica de Fundos via Internet (TEF/IP). Contudo, como o app é recente, apenas lojas credenciadas permitem o parcelamento em até 12 vezes nas compras no Paraguai.

Dessa forma, o melhor jeito de comprar parcelado no Paraguai é através do cartão de crédito voltado para esse tipo de ação. Por outro lado, as taxas podem minar o poder de compra e é bom ficar atento a quais as melhores condições de pagamento.

Quer saber mais onde ir e o que procurar no Paraguai? Acesse nosso site www.lojasnoparaguai.com.br, comparando o preço de produtos, sempre com a cotação do dólar atualizada e informações preciosas para transformar suas compras numa experiência única.